sexta-feira, 6 de março de 2009

Semma discute problema de poluição sonora no município

Atendendo a uma solicitação do secretário de Meio Ambiente, Domires Reis, aconteceu na última quarta-feira, 4, na Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), uma reunião com representantes da Polícia Militar, Civil, Ministério Público e do DMTT, para discutirem sobre um problema que se tornou constante em Parauapebas, que é a poluição sonora.
Participaram da reunião Waldemir Lobato, diretor técnico operacional do DMTT; delegada Maria Regina, Polícia Civil; tenente Mário Jorge, Polícia Militar; promotora de justiça Melina Barbosa e equipe de coordenadores da Semma, Arlete Boaventura, da Fiscalização Ambiental; e Hadla Silva, coordenadora de Educação Ambiental e o secretário de Meio Ambiente, Domires Reis.
De acordo com o secretário de Meio Ambiente, as constantes denúncias de poluição sonora feita à secretaria motivaram o encontro entre esses órgãos, uma vez que se faz necessário firmar parcerias com eles para que sejam tomadas medidas eficazes no combate a esta prática. Domires Alves defendeu que primeiramente é imprescindível se trabalhar a educação ambiental com os infratores, para depois agir de forma punitiva, se for o caso.
“O departamento de educação ambiental da Semma irá realizar uma campanha de conscientização com os proprietários de bares e carros de publicidade à partir deste mês. Será feita ainda uma campanha educativa na Tv e rádio, sobre os males causados pela poluição sonora”, diz o secretário.
Todos os participantes da reunião entraram em consenso sobre a necessidade de realizar ação conjunta para obtenção de resultados concretos no combate a poluição sonora. Segundo Waldemir Lobato, o DMTT irá colocar à disposição equipamentos necessários para realizar ações freqüentes no município.
Com as parcerias firmadas entre os órgãos presentes na reunião, acredita-se que se o problema de poluição sonora no município não for resolvido será, pelo menos, amenizado.

Um comentário:

  1. Gostei do Blog,
    Muito legal!
    Bem informativo!
    www.fylhyo.blogspot.com

    ResponderExcluir